Se engana quem acha que pode mudar alguém por amor, mas não mudar completamente (longe disso), mudar porque se ama, porque não queira ver quem se ama triste … Eu mudei, por exemplo, mais madura do que à alguns anos atrás e apesar da pouca idade (20 anos) entendo como tudo poderia e/ou supostamente deveria ser. 

É errado se adaptar a algumas coisas, tipo mudar certos hábitos, certas maneiras de falar? Cara, se um aprende porque o outro não pode fazer o mesmo? Eu acho que quando se ama vale tudo (quase tudo). Eu sempre fui do tipo que não pode ver ninguém triste que tento logo animar, colocar lá pra cima.. Guardo a minha tristeza, se houver, no bolso e corro pra ajudar. Não consigo ficar numa situação estranha, daquelas que cada um que mande indireta pro outro e atinja mais do que devia e machucasse bem mais do que uma direta, eu falo, eu escrevo sobre, mas não me calo porque me incomoda.

Mudar não é uma péssima ideia quando se ama, é apenas um jeito de demonstrar que se ama verdadeiramente, que faria tudo por aquela pessoa. E eu, como mudei, faço e faria de novo e de novo. 

 

Paulinha Bezerra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s