” Preencher páginas dessa minha vida é algo igualmente comum com qualquer outro ser humano,
minha vivência, o paredizado adquirido com a mesma cabe apenas a mim.
Tenho que decidir as barreiras que devo enfrentar, e o que devo admitir ao meu universo mesmo que inconcientemente;
Impulsiva assim como sou em minha forma mais frágil e incoerente.
Brusca às vezes confesso, mas isso não me faz ser menos eu!
Meu pensamento é minha lei, e ela modifica-se a cada alvorecer,
o meu recomeço é permanente, e meu fim é inacabado. “

Dayane Mayra – 26/03/10

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s